17/10/2018

Festa cancelada

Essa festa foi cancelada por motivo que no outro dia será a eleição então por questão de justiça eleitoral foi cancelada.

Haddad diz que trocará toda a equipe de Temer e comemora vitória contra a ‘maior fake news de Bolsonaro’

O candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, disse hoje (16) que, caso vença as eleições, pretende mudar toda a atual equipe econômica. Ele enfatizou que essa é uma das diferenças que marcam, no segundo turno, as propostas dele e do adversário do PSL, Jair Bolsonaro. “Ao contrário do Bolsonaro, nós decidimos não manter ninguém da equipe econômica do Temer no nosso governo. A partir do dia 1º de janeiro, a equipe do Temer sai e entra uma nova equipe”, ressaltou em entrevista coletiva.
Jair Bolsonaro e seu coordenador de programa econômico, Paulo Guedes, já fizeram elogios públicos ao presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, e o consideraram “excelente nome” para seguir no cargo. Guedes também elogiou o atual secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida. Paulo Guedes já disse em entrevistas que terá total liberdade para montar sua equipe, caso Bolsonaro vença – e ele não excluiu aproveitar “extraordinários quadros” do setor público.
Fake news sobre “kit gay”
Haddad também comemorou a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que ordenou a remoção de seis postagens de Bolsonaro no YouTube e no Facebook que criticam o livro “Aparelho Sexual e Cia.” e dizem que a obra foi distribuída a escolas públicas no período em que candidato do PT, Fernando Haddad, comandava o Ministério da Educação. “Apesar do atraso, ficamos felizes que o tribunal eleitoral tirou do ar o vídeo em que o Bolsonaro me acusa de distribuir material impróprio para crianças de seis anos. É uma luta de anos que foi vencida ontem”, destacou o candidato ao lembrar que a fake news foi amplamente difundida, especialmente entre grupos religiosos.
Nos vídeos, Bolsonaro afirma que o livro integra o programa Escola sem Homofobia e estimula as crianças a se interessarem por sexo precocemente, sendo “uma porta aberta para a pedofilia” e “uma coletânea de absurdos”. Por mais de uma vez, no entanto, o Ministério da Educação negou a aquisição dos exemplares e a implementação de tal programa, chamado de “kit gay” por Bolsonaro.
“A difusão da informação equivocada de que o livro em questão teria sido distribuído pelo MEC gera desinformação no período eleitoral, com prejuízo ao debate político, o que recomenda a remoção dos conteúdos com tal teor”, destaca o ministro do TSE Carlos Horbach na decisão que determinou a remoção do conteúdo.
No pedido ao TSE, os advogados do PT chamaram os vídeos de “grave mentira” e afirmaram que o episódio ocorre desde 2016, a partir de uma publicação no Facebook.

Por ser notícia falsa, Facebook e YouTube têm que tirar ‘kit gay’

Por determinação do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Carlos Horbach, o Facebook e o YouTube deverão retirar do ar seis vídeos em que se afirma que o livro “Aparelho Sexual e Cia” foi adotado em programas governamentais enquanto o candidato Fernando Haddad (PT) ocupou o cargo de ministro da Educação (2005-2012).
Conforme a decisão, a notícia é inverídica, uma vez que o livro não chegou a ser adotado pelo Ministério da Educação (MEC). Tanto o MEC quanto a editora responsável pelo livro negam que a obra tenha sido utilizada em programa escolar. Segundo ambos, o livro sequer foi indicado nas listas oficiais de material didático.
A representação, com pedido liminar e de direito de resposta, foi formalizada pela Coligação O Povo Feliz de Novo e por Fernando Haddad contra a Coligação Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos, e seu candidato ao cargo de presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, entre outros.

Horbach destacou também que é fato notório que o projeto “Escola sem Homofobia” não tenha sido executado pelo Ministério da Educação, do que se conclui que não ensejou a distribuição do material didático a ele relacionado. Além da referência a esse projeto, os conteúdos impugnados citavam que a obra constou do PNLD (Programa Nacional do Livro Didático) e do PNBE (Programa Nacional Biblioteca da Escola).

Segundo o relator, a difusão da informação equivocada acerca da distribuição do livro gera desinformação no período eleitoral com prejuízo ao debate político, o que recomenda a remoção dos conteúdos com tal teor. Por essas razões, além da retirada dos vídeos, o ministro também determinou a identificação do número de IP da conexão utilizada no cadastro inicial dos perfis responsáveis pelas postagens acima listadas; dos dados cadastrais dos responsáveis, nos termos do art. 10, § 1º, da Lei nº 12.965/14; bem como registros de acesso à aplicação de internet eventualmente disponíveis (art. 34 da Resolução TSE nº 23.551/2017).

A liminar, contudo, foi deferida apenas em parte, uma vez que os vídeos a serem retirados estão publicados em seis diferentes URLs, em  vez dos 36 endereços que constam da petição inicial. Para o relator, os demais vídeos não devem ser investigados porque não citam diretamente o candidato ou seu partido e nem mesmo o Ministério da Educação.

TRE-PB começa preparação das urnas para o segundo turno

Começou ontem terça-feira (16) a preparação das urnas eletrônicas para o segundo turno das Eleições de 2018. Durante a preparação serão inseridas as mídias, com os dados dos candidatos e lacre das urnas eletrônicas, que serão utilizadas nas seções eleitorais da Paraíba. A Juíza membro e Ouvidora do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Michelini de Oliveira, é a Presidente da Comissão de Preparação das Urnas.
O período de preparação vai do dia 16 a 19 de outubro e serão abertas aos representantes do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil, dos Partidos Políticos e Coligações, assim como, aos cidadãos e a imprensa em geral, podendo os mesmos acompanharem todo o processo e atestarem a segurança e confiabilidade do sistema de urnas eletrônicas.

Governo Federal desiste de adiar e horário de verão começa dia quatro de novembro

O governo desistiu de adiar e decidiu manter para o próximo dia quatro de novembro o início do horário de verão, de acordo com informações da assessoria da Presidência, confirmadas nesta segunda-feira (15). Não haverá, portanto, adiamento para o dia 18 de novembro, como havia sido comunicado pelo Palácio do Planalto no início deste mês. Ele termina em 17 de fevereiro de 2019.
A mudança havia sido pedido pelo Ministério  da Educação para evitar prejuízos aos estudantes, já que a primeira prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) está marcada justamente para o dia 4 de novembro.
No último dia 3 de outubro, o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, anunciou em sua página no Facebook que os candidatos teriam “mais tranquilidade para fazer as provas” com a medida.
“Caso o horário de verão iniciasse no primeiro dia de provas do Enem, como estava previsto, muito provavelmente acarretaria em prejuízos aos participantes”.

16/10/2018

Fenômeno de votos no Cariri, ex-prefeito Romualdo Quirino espera assumir ALPB

Mesmo sem conseguir êxito nas eleições deste ano, o ex-prefeito do Congo, Romualdo Quirino (PSB), teve votação superior a 19 mil votos, sendo todos concentrados em seis municípios da região do Cariri.
Em entrevista, o socialista afirmou que, mesmo obtendo mais votos do que deputados que foram eleitos, ainda espera ser aproveitado.
“É provável que os mais votados sejam aproveitados na Assembleia ou na gestão administrativa. Eu tenho essa expectativa, porque foi dessa mesma forma o planejado quando foi feito o chapão”, disse.

Prefeita Anna Lorena anuncia 14º salário para profissionais da educação em Monteiro

Nesta data tão importante para qualquer cidadão, 15 de outubro, Dia dos Professores, a prefeita Anna Lorena anunciou o pagamento do 14º salário para este ano de 2018.
O anúncio foi feito nesta tarde através da Secretaria de Comunicação Social do município. Na oportunidade Anna Lorena, prefeita da cidade, informou com grande entusiasmo que o pagamento será feito em dezembro deste ano como ação integrativa das políticas de valorização à classe da educação.
“É com muita alegria que gostaria de dar esta notícia nesta data tão importante para os profissionais tão devotados que integram o quadro municipal da cidade. Esta era uma luta que abraçamos e agora podemos com segurança ofertar. Entramos em um patamar de equilíbrio financeiro o qual podemos e queremos presentear nossos professores, mais uma vez agradecendo por todo amor ao trabalho”, anunciou a gestora.
Para a secretária de Educação, Ana Lima, este é mais um motivo para comemorar este dia, mais esta conquista que não só os professores e atores da educação receberam, mas a sociedade em si através da economia com a injeção de mais este montante no comércio local, quanto pelo sentimento de valorização o qual permite mais um fôlego, mais uma alegria para os profissionais.
Além do pagamento do 14º salário, a Prefeitura de Monteiro tem oferecido aos profissionais da educação receberem incentivos através de capacitações permanentes, além de investimentos na infraestrutura escolar que permite maior conforto tanto aos profissionais quanto ao alunado. Tais melhorias podem ser observadas através dos índices de desenvolvimento da educação e do alunado em diversos aspectos no geral.
Para este pagamento, os cofres públicos de Monteiro ofertarão ao mencionado quadro mais de R$500 mil reais, além dos salários do mês e 13º que todo o funcionalismo recebe no mês de dezembro.
Secom-PMM

15/10/2018

Não misture religião com politica

Nas Redes Sociais principalmente no Facebook vejo pessoas dizendo que não vota em Fernando Haddad porque é Cristão, também vejo pessoas dizendo que vota em Bolsonaro porque é Cristão, gente parem com isso pois Jesus Cristo nos deixou o Livre Arbítrio, então escolhemos em quem votar independente de ser Cristão ou não.

E outra ser Cristão não é viver entre quatro paredes de uma certa placa de religião e dizer que é Cristão, pois ser Cristão é ter Fé e acreditar em Jesus Cristo não placa de igreja, pode ser igrejas evangélicas, católicas, espiritas e demais denominações isso vale para todas as religiões ser Cristão repito novamente é Crer e ter Fé em Jesus Cristo.

Quem será?

Já circula nas ruas da cidade como provável pré-candidata a prefeita de Monteiro a Dra. Micheila Henrique tendo como vice o vereador Lito de Dona Socorro, mas como é só conversa de roda de grupos não posso dizer se essa conversa ou essa notícia é certa. Acredito eu que nomes principalmente para vice só será discutido entre os grupos quando estiver próximo da outra eleição.

Ricardo é cotado para Ministério em possível Governo Haddad e para disputar Prefeitura de JP

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), já está sendo cotado para assumir um ministério caso o candidato à presidência da República Fernando Haddad (PT), alcance a vitória no 2º turno. Quem ventilou a hipótese foi o governador eleito, João Azevêdo (PSB) em entrevista na manhã desta quinta-feira (11).
João declarou que não pretende nomear Ricardo para nenhum cargo no seu mandato, justamente por desejar que o atual governador alce vôos mais altos. Elencando as possibilidades, João disse esperar que Haddad vença e possa indicar Ricardo Coutinho para algum ministério.
Já a deputada Estela Bezerra disse que Ricardo é um nome muito provável para a disputa à Prefeitura de João Pessoa em 2020. Segundo a parlamentar, Ricardo tem experiência e é reconhecido pelo trabalho que realizou na Capital.